Intestino Preso: 5 Dicas Simples Para Você Acabar de Vez Com Esse Problema


intestino preso

Cá entre nós, amiga, não tem coisa pior do que um intestino preso: a gente sente um mal humor, uma sensação de inchaço, de estufamento, parece que o corpo está mais pesado, tudo fica ruim.

E um intestino preso ainda causa doenças e atrapalha a perda de peso, pois as fezes é um meio pelo qual eliminamos toxinas e gorduras.

Não eliminar as fezes regularmente favorece a proliferação de micro-organismos e bactérias nocivas ao organismo.

Atualmente, cerca de 30% dos brasileiros (homens e mulheres) sofrem com a constipação intestinal.

O que é constipação intestinal?

O nosso organismo absorve os nutrientes e a água dos alimentos. Os resíduos, ou o material que não é aproveitado, forma o bolo fecal que é expelido através das contrações musculares das paredes do intestino.

Quando essas contrações se tornam mais fracas ou exporádicas, ocorre um acúmulo de resíduos no intestino. Isso pode levar a uma absorção de água e ao endurecimento desses resíduos.

Como resultado, as fezes ficam mais compactas e mais difíceis de serem expelidas, exigindo maior esforço e ocasionando a prisão de ventre.

Existem 2 tipos de constipação:

  • Constipação orgânica:

Quando o corpo passa por algum tipo de mudança física, como por exemplo uma obstrução ou deformação do cólon.

  • Constipação funcional:

Resultados de alterações na rotina ou maus hábitos alimentares.

Qual deve ser a frequência normal de evacuação?

Há linhas de pensamento médico que defendem que a frequência normal de evacuação seja diariamente. Outros defendem que dia sim, dia não, já seriam o suficiente.

É considerado caso constipação quando há menos de 3 evacuações por semana.

Para resolver este problema e fazer o seu intestino funcionar direitinho, são necessárias algumas mudanças de atitude, tudo muito simples, que você vai ver a seguir!

intestino preso

Causas de um intestino preso

  • Stress,
  • Viagens (ou mesmo ficar fora de casa durante várias horas),
  • Gravidez,
  • Pouco consumo de água,
  • Pouco consumo de fibras,
  • Depressão e ansiedade,
  • Consumo excessivo de proteínas,
  • Consumo excessivo de alimentos processados,
  • Sedentarismo,
  • Consumo excessivo de açúcar,
  • Não atender à vontade imediata de evacuar,
  • Excesso de álcool e cafeína,
  • Uso de suplementos termogênicos,
  • Colite (inflamação do intestino grosso),
  • Síndrome do intestino irritável,
  • Hipotireoidismo,
  • Diabetes,
  • Parasitas intestinais,
  • Uso indiscriminado de laxantes,
  • Diverticulite,
  • Períodos prolongados de febre.

Existe solução para o problema de intestino preso!

O bom funcionamento do seu intestino depende de cinco atitudes básicas e simples:

   1 – Consumo adequado de água:

A água faz com que as fezes fiquem hidratadas, facilitando a sua evacuação. 

Alguns nutricionistas defendem que a quantidade certa de água que cada pessoa deve ingerir varia de acordo com o seu peso corporal.

São 35 ml para cada quilo de seu peso.

Ex para uma pessoa de 65 kg:

65 kg  x  35  =  2.275 ml de água.

intestino preso

   2 – Consumo de fibras:

As fibras são excelentes aliadas para resolver o problema da prisão de ventre, pois elas auxiliam na formação do bolo fecal. 

Elas também ajudam a regular o nível de glicose no sangue e auxiliam no emagrecimento, pois produzem uma sensação de saciedade.

1 ano de academia em apenas 6 semanas!

peso ideal

Faça o Treino Hitt. Sem gastar horas em exercícios exaustivos e de resultados lentos, com o Treino Hitt do Método Corpo D21 você consegue resultados de 1 ano de academia em apenas 6 semanas.

Veja o vídeo!

Fonte de fibras:

Frutas: laranja (com o bagaço), mamão, maçã, mirtilo, morango, ameixa, manga, tamarindo e outras. 

Cereais integrais: arroz e macarrão integrais, aveia, farelo de trigo, semente de linhaça, farelo de trigo, centeio e outros.

Vegetais: vegetais folhosos, brócolis, repolho, cebola, etc. 

A recomendação de consumo é de 25 a 35 gramas de fibras por dia. 

Mas lembre-se: consumir fibras sem ingerir a quantidade adequada de água pura, não vai resolver o seu problema de intestino preso.  

   3 – A prática de atividades físicas:

O sedentarismo é uma das causas da prisão de ventre. 

Praticar exercícios físicos com frequência estimula o peristaltismo, que é o movimento que empurra os alimentos ao longo do tubo digestivo. 

intestino preso

   4 – Redução drástica de alimentos industrializados:

Se consumir fibras diariamente auxilia no funcionamento do seu intestino, o consumo em excesso de alimentos industrializados agravam o problema. 

O processamento desses alimentos, na maioria das vezes, retira as fibras e os nutrientes. Como acontece com a farinha, o açúcar e o arroz brancos. 

 5 – Fuja dos laxantes!

De efeito rápido, os laxantes são muitos procurados para remediar uma situação urgente. Eu mesma já recorri a eles muitas vezes, inclusive ao chá de sene.

Até descobrir sobre os danos que os laxantes, mesmo os naturais, como o sene, podem provocar. 

Eles são altamente agressivos à flora intestinal e minha médica me alertou que podem até causar câncer. 

Três receitas top contra intestino preso

Receita 1 – Suco de mamão com linhaça

  • 1 copo de água ou 1 pote de iogurte natural,
  • 1 colher (sopa) de linhaça,
  • Meio mamão papaia sem sementes,

Bater no liquidificador e depois acrescentar a linhaça. Se desejar adoçar, prefira mel ou açúcar mascavo. 

Receita 2 – Iogurte com ameixa

  • 3 ameixas pretas,
  • 1 pote de iogurte natural.

Consumir diariamente, nos lanches ou café da manhã.

Receita 3 – Água com limão

  • 1 copo de água morna,
  • 20 gotas de limão.

Tomar este preparo em jejum ajudam no esvaziamento intestinal. É necessário ficar 20 minutos sem comer nada, para que a bebida faça efeito. 

intestino preso

Melhor do que ter que remediar, é poder prevenir. 

Hoje eu sigo uma rotina de alimentação saudável com fibras, prática de exercícios físicos e ingestão de bastante água.

Resultado: meu intestino tem funcionado muito bem!

E quando acontece de o meu intestino ficar lento, por um motivo de mudança de rotina, por exemplo, eu volto às práticas saudáveis e ele volta a funcionar normalmente. 

Casos agudos devem ter acompanhamento médico. Não descuide da sua saúde, amiga!

Captura de Tela (319)

O que você tem feito para se tornar ou permanecer Magra e Saudável?

Deixe nos comentários!

Beijos!  😀 

Você pode gostar...

Me Conte o Que Você Achou!