Fome Física X Fome Emocional X Fome Comportamental – Faça o Teste, Descubra o Segredo, Emagreça e Permaneça Magra!

Fome emocional, fome física e fome comportamental: você sabe qual é a diferença?

A maioria das pessoas não come por fome real. Você sabe discernir entre um tipo de fome e outra?
Vamos entender cada uma delas agora!

Há pessoas que tem dificuldade para emagrecer devido a problemas de saúde, como o problema de hipotireoidismo (leia o post).

Se no seu caso, você quer emagrecer, mas não consegue abandonar o sedentarismo, sugiro que você confira esses dois posts 🙂

Conheça os 17 Top Exercícios Para Turbinar o Seu Gasto Calórico

e

Tabela de Gasto Calórico de 124 Atividades Físicas e Cotidianas: Escolha a Que Você Mais Gosta!

Entenda melhor sobre a fome física, a fome emocional e a fome comportamental

  • Fome física:

Já se passaram cerca de três horas desde a sua última refeição e seu estômago roncou. Ele não está reclamando à toa. Está na hora de se alimentar de novo e ele está te lembrando disso.

  • Fome emocional ou simplesmente vontade de comer:

Quando se trata de fome emocional, muitas vezes a pessoa não consegue parar de pensar em comida – come com má qualidade, fora de hora e sem fome.

Come também como uma forma de manifestar frustração, alegria, raiva, etc. 

Eu era exatamente assim; pois já sofri com compulsão alimentar (confira o post que escrevi sobre isso).

Às vezes a pessoa sabe o quê quer comer, mas às vezes não. Isso não é necessidade, ou fome, e sim, apenas uma vontade de comer (que também é chamada de fome emocional).

Essa grande vilã da nossa boa forma também insiste em aparecer quando vemos ou nos lembramos de algo muito gostoso. Eta, tentação…  

  • Fome comportamental

Esse tipo de fome tem a ver com o ambiente, com a situação que a pessoa está vivenciando naquele momento. Neste caso, são as situações e o ambiente que acabam ditando se ela vai comer ou não. 

Exemplos:

Quando você come, porque os outros estão comendo, mesmo não estando com fome.

  • Em uma festa, almoço em família, reunião entre amigos, quando compra a pipoca e o refrigerante na entrada do cinema.

Ou quando alguém te oferece um alimento que você não poderia comer. Aí você come só para agradar aquela pessoa. 

Como saber se a fome que você sente é emocional, física ou comportamental?

Faça o teste:

Você costuma comer quando está triste ou ansioso?
a) sim
b) não

Após um dia cansativo de trabalho, você pensa: eu mereço um belo prato de massa?
a) sim
b) não

Você acredita que a comida vai melhorar algum vazio que você está sentindo?
a) sim
b) não

Quando você está com fome, come o primeiro alimento que vê pela frente?
a) sim
b) não

Você sente com frequência o desejo de comer algo específico e só pode ser aquilo? Exemplo: “tô com uma vontade de comer chocolate…”
a) sim
b) não

Você está em uma animada conversa regada a chopp e tira gosto. Você já está saciada, mas continua a comer para acompanhar os seus amigos?
a) sim
b) não

Você costuma comer fora de hora?
a) sim
b) não

Você costuma come um docinho ou uma sobremesa mesmo estando sem vontade?
a) sim
b) não

Você está no cinema para ver aquele filme sensacional. Aí pega a pipoca e o refrigerante como um hábito mesmo sem tanta vontade de comê-los?
a) sim
b) não

Resultado:

Quem respondeu mais letras A tem o hábito de se alimentar mais por fome emocional e comportamental do que por fome física.

Quem respondeu mais letras B está no caminho certo, pois busca se alimentar conforme a necessidade e menos por fatores emocionais ou comportamentais.

Vencendo os diferentes tipos de fome

Agora que você identificou esses diferentes tipos de fome, como vencê-los?

É o que você vai saber no próximo Meu Diário Quero Ser Magra, onde mostro minha experiência!

E então? O que você tem feito para se tornar ou permanecer Magra e Saudável?

Deixe nos comentários!

Beijos, amigas!

Você pode gostar...

Me Conte o Que Você Achou!