Meu diário Quero Ser Magra – Emagreci 12 Quilos Fazendo Musculação

“Credo, você fica 2 horas por dia, 5 vezes por semana presa dentro de uma academia fazendo musculação? Como é que você aguenta?
Algumas pessoas se assustam ainda mais quando digo que “eu fico e gosto, você acredita?” kkkk

musculação

Já percebi na academia onde frequento, que a proporção de mulheres praticando essa modalidade é muito baixa. Cerca de 2 mulheres para cada 10 homens.

Cheguei a conclusão de que muitas mulheres pensam que musculação é coisa pra homem porque quer desenvolver músculos, ficar bombado. E que mulher que pratica essa atividade é porque também quer ficar musculosa e acaba ficando masculinizada.

Bem, eu mesma pensava assim mas não é nada disso. 

Musculação não consiste apenas em levantar peso. Temos os exercícios localizados, abdominais e aeróbicos.

Mas quais são os benefícios da musculação para a mulher?

Você já deve ter reparado em uma mulher que acabou de sair da academia de musculação. Percebeu que sua pele e seu corpo são bonitos e que ela chama a atenção? Que suas pernas e braços são torneados, sua cintura é fininha, sua barriga é retinha, sua postura é reta e seu caminhar é confiante? Fala a verdade: ela chamou a sua atenção e te deu vontade de ficar assim também?

Emagreci 12 quilos praticando musculação!

Nesse tempo que pratico musculação (7 meses), consegui eliminar 12 quilos.

Parece pouco? Eu acho que não. Pelo menos para alguém que pesava 93 quilos, tinha compulsão alimentar e depressão. Além do quê, eu não “perdi peso”, eu “eliminei 12 quilos”.

Puxa, me disseram que meu andar está mais confiante, que eu estou mais elegante. Me disseram “que bom, você emagreceu!” e querem saber o que eu fiz. 

Meu antes e depois

A diferença é que quando a pessoa perde peso, geralmente ela volta a consegui-lo, como no caso de dietas radicais que resultam em perda rápida.

Mas quando eliminamos gradualmente, nosso organismo se acostuma àquele novo peso corporal e não fica cobrando o que foi perdido. Percebeu a diferença?

O que se deve fazer para emagrecer todo mundo sabe, mas nem sempre conseguem colocar em prática. Por que?



Porque o grande segredo do emagrecimento é que ele começa na sua mente, quando você muda a sua relação com a comida e parte para a atitude de começar uma atividade física. 

Devo dizer, como já disse antes, que não sou adepta de dietas radicais por causa do seu grande risco de efeito sanfona e de episódios de compulsão alimentar que o seguem. 

Eu não vivo só à base de saladas e peito de peru 😀 : gosto de sorvete, doces, churrasco, do bom e velho arroz com feijão e confesso que às vezes saio um pouco da linha. 

Que atire a primeira pedra quem nunca saiu da linha!

Mas o que fazer depois?

A minha vantagem é que gosto muuuito de me exercitar e de alimentação saudável. Amo academia. Gosto de andar a pé e de bicicleta.

Gosto de comer coisas gostosas, mas aprendi a não ser dependente delas. E o fato de estar sempre me exercitando e voltando à alimentação consciente e saudável, faz que com que os pequenos escorregões gastronômicos não causem prejuízo na balança e fazem com que eu não desista. 

Esta é uma das grandes vantagens que vejo na atividade física e na alimentação saudável. 

musculação

“Mas Marlene, isso quer dizer que tenho que ficar 2 horas na academia de musculação 5 vezes por semana também?”

Eu faço musculação porque gosto, porque conheço e tenho usufruído dos seus benefícios (leia o estudo sobre musculação que escrevi). Mas existem inúmeras atividades físicas (clique aqui e veja algumas sugestões para você se movimentar com prazer).

Se exercitar vai além de eliminar peso. Faz bem pra mente, pra saúde, pro humor. Faz você gostar mais de você. E se você gosta de você, você é mais seletiva. 

Quem é mais seletivo vive melhor e é mais feliz. 

E é isso!

Se você tiver dúvidas, sugestões, críticas, elogios, Fale Comigo!

Não se esqueça de se inscrever na nossa newslatter (logo ali no topo da página), para receber por e-mail notificações de novos posts!

Beijos, amigas!

Você pode gostar...

Me Conte o Que Você Achou!