7 Dicas de Dieta Low Carb Pre Carnaval Para Emagrecer Rápido Sem Passar Fome!

emagrecer

É hora de emagrecer, amigas!

As festas de Natal e de Ano Novo com suas confraternizações já passaram. Seus quitutes saborosos  também. E foi ótimo não foi?

Você não conseguiu fugir dessas delícias gastronômicas de fim de ano, não é? E o resultado foi:

  • Barriga inchada,
  • Quilinhos extras,
  • Preocupação em elimina-los já pensando no Carnaval.

Não se preocupe, amiga eu vou te ajudar. 

Agora é hora de uma super dieta desintoxicante pós Natal e Ano Novo e pré Carnaval! Eu preparei para nós 7 dicas para fazer uma dieta Low Carb muito simples e fácil de fazer.

Conceito de dieta para emagrecer e /ou manter o peso

Quando falamos em dieta, às vezes vem à nossa mente aquela lista de regras entregue pelo nutricionista. Aquela cheia de “pode e não pode”, para seguir por alguns dias até alcançar o peso desejado. Depois voltar a comer normalmente. 

Daí se confunde dieta (eu mesma já confundi) com regime e eles não são a mesma coisa. 

Esse tem sido o motivo do fracasso de muitos regimes (isto sim, é um conjunto de regras alimentares a ser seguido por alguns dias).

Porque ninguém consegue seguir regras alimentares que ela detesta durante a vida toda. Exemplo: ficar uma semana só à base de sopa, só com ovos e saladas, sem comer doces e blá, blá, blá…

Quando um nutricionista recomenda uma dieta, na verdade, é para ela ser seguida por toda a vida. Trata-se de um novo procedimento alimentar para emagrecer e para manter o novo peso. 

Vejamos o seu significado no dicionário:

No nosso caso, que queremos emagrecer e manter o peso, o que vale é  o conceito número 2.

A dieta de uma pessoa que está acima do peso está baseada em alimentos altamente calóricos. 

A de uma pessoa que está magra ou mantendo o peso é mais leve, baseada em alimentos naturais.  

Dieta Low Carb

Quando falamos em dieta Low Carb, falamos em um novo estilo de vida. Em uma alimentação habitual baseada em baixo consumo de carboidratos. 

E esse novo estilo de vida traz ótimos benefícios como:

  • Desintoxicação do seu organismo, 
  • Faz com que seu estômago diminua (efeito redução de estômago sem cirurgia!)
  • Redução do volume e da gordura abdominal,
  • Perda de peso,
  • Mais disposição,
  • Mais saúde.

Existem vários tipos de dietas Low Carb: dieta cetogênica, paleo, dieta lchf, whole 30, dieta atkins, etc. Todas funcionam pois todas são baseadas no consumo mínimo de carboidratos na alimentação.

Quando eu entendi sobre a necessidade de se consumir o mínimo de carboidrato e passei a praticar, comecei a emagrecer mais rápido.

E é principalmente pelo seu poder desintoxicante e emagrecedor, que vamos fazê-la agora nesse período pós festas de ano novo e pré Carnaval (e segui-la por toda a vida, claro!).

E que venham as viagens, a praia e o biquini 🙂

Vamos entender o que são carboidratos

Carboidratos são os açúcares contidos nos alimentos. Todos os alimentos contém açúcares, logo, todos  possuem carboidratos. Uns mais, outros menos.

Os alimentos adequados para quem quer eliminar peso e manter o peso ideal serão aqueles mais pobres em carboidratos. 

Por exemplo: algumas frutas, alguns legumes, verduras e ovos contém carboidratos em pouca quantidade e são ótimos para quem quer emagrecer e manter o peso ideal. Basta  consumi-los em lugar dos alimentos com muitos carboidratos como o arroz, o pão, os doces, etc. 

Como cada pessoa é um ser único, não acho válido pegar uma lista de “pode e não pode” e recomendá-la a todas vocês.

A sua dieta deve ser elaborada de acordo com as suas necessidades de calorias diárias, de acordo com o seu ritmo de vida. Claro, que se houver dúvidas, um nutricionista vai te ajudar e muito. 

Dica # 1 – Dieta low carb para emagrecer, para manter o peso ou para ter uma vida mais saudável?

Do que você precisa? Seria para um desses, ou para os três?

Para montar os seus próprios hábitos alimentares você vai precisar:

  • Ter em mente qual é o seu objetivo
  • Ter informações sobre quais alimentos consumir
  • Levar em consideração se você tem alguma restrição alimentar como intolerância a lactose, alergias, etc.

A comunidade FatSecret vai te ajudar muito nessa tarefa de planejamento, contagem de calorias e de carboidratos segundo as suas necessidades.

São pessoas com o mesmo objetivo que o seu, para troca de ideias, motivação e incentivo.  

Eu estou adorando!

Dica # 2 – Deixe de lado os industrializados

Dê preferência a alimentos naturais e com poucos carboidratos.

Enquanto muitas pessoas enchem o carrinho no supermercado, eu encho o carrinho na feira kkkk.

Isso não quer dizer que você deve viver só à base de verduras, igual a uma lagarta. Nada disso.

Acontece que os carboidratos não devem ser a base da sua alimentação e sim os vegetais (orgânicos ou não), carnes magras, gorduras boas como azeite, oleaginosas como castanhas e nozes, ovos e derivados do leite e as frutas low carb.

A sua dieta deve ser prazerosa para você, caso contrário, não vai conseguir segui-la por muito tempo, quem dirá torna-la um hábito diário!

Se essa ideia de ingerir alimentos in natura substituindo os industrializados e os com muito carboidrato é demais para você, então nada de ser radical, não se preocupe em cortar tudo de uma vez.  Comece aos poucos. Se alimente com o que você gosta.

Com o tempo, você mesma já não vai conseguir consumir certos alimentos que fazem mal a sua silhueta. Não por imposição, mas sim, porque você já não os achará tão atraentes.

Dica # 3 – Faça a sua lista de preferidos

Faça a lista das frutas, verduras e legumes que você gosta e busque acrescenta-las em suas refeições, diminuindo e substituindo aos poucos as porções de arroz, batata, mandioca, pão, refrigerante, etc.

Mas não se prive. Isso não quer dizer que naquela festa você não vai beliscar o salgadinho, ou provar do bolo. Acredite: se você ir se acostumando aos poucos com uma alimentação mais leve e natural, você não vai conseguir comer tantas guloseimas como antes. Aconteceu comigo.

Dica # 4 – Conheça os aliados da sua dieta low carb

Os alimentos que devemos consumir

  • Carnes in natura são praticamente zero carbo. Peixes, frutos do mar, aves, porco, boi, cordeiro e bacon até! 

Para nós que queremos eliminar ou manter o peso, é melhor consumir gorduras com moderação. 

  • Vegetais

Folhas verdes: alface, agrião, rúcula, escarola, couve, repolho, espinafre.

Legumes: cebola, abobrinha, brócolis, tomate, pimentão, alcachofra, chuchu, aspargos, rabanete, pepino, berinjela, quiabo, vagem, palmito, couve-flor.

Se você deseja entrar para o estilo de vida low carb mas não gosta muito de vegetais, então te aconselho a começar com os que você gosta (deve haver um pelo menos, né?)

Mas se esforce para começar a gostar de outros porque eles te ajudarão a entrar em forma. 

Mas nada de se sentir forçado, sem ser radical, caso contrário deixará de ser uma dieta (estilo de vida) low carb e transformar-se-á em um regime (obrigação) que vai durar poucos dias.

  • Ovos

Ele é quase zero carbo (só 0,8 gramas) e sustenta muito. Eu costumo comer 1 ovo mexido com vegetais no café da manhã para substituir o pão, biscoitos, etc.

Dá para comer ovos cozidos no lanche, nas suas receitas low carb, etc. 

  • Sementes e nozes

Elas são saudáveis, recomendadas pelos nutricionistas, mas para quem precisa eliminar muito peso (mais de 10 quilos) ou quer emagrecer mais rápido, é melhor comer moderadamente (não ultrapassar 60 gramas por dia).

  • Gorduras

Azeite, manteiga, óleo de coco, abacate. Vale a mesma regra para quem quer eliminar muito peso (citada acima).

Temperos

Como toda boa mineira, amo comida bem temperada. Mas como preciso eliminar peso, evito o sal ao máximo. Ele retém líquidos. Uma solução então é usar e abusar das ervas e especiarias!

Cominho, pimentas, orégano, cheiro verde, alho, cebola, canela, coentro, gengibre, hortelã, louro, açafrão, manjericão, ufa… A lista é enorme e os sabores fascinantes (como diz o nosso amigo Spok).

Incremente, invente, curta as ervas que o Senhor Criador nos deu!

Bebidas para emagrecer

Nem precisa dizer que é preciso tomar água, não é mesmo? São recomendados 35 ml por quilo do seu peso corporal.

Água saborizada também é bom principalmente se você não gosta muito de água pura: água com limão, com alecrim, com hortelã, etc.

Use a sua imaginação, o importante é beber bastante água para ajudar na desintoxicação do seu organismo e o seu intestino a funcionar no ritmo. 

Chá de ervas e sucos (mas escolha as frutas com menos carbo, veja mais abaixo).

Recomendo o chá de hibisco, espécie Hibiscus sabdariffa: fica delicioso como chá gelado. Você pode beber durante o dia todo. Desintoxica, desincha, acelera o seu metabolismo. Percebi que acrescentado à água de berinjela, tem ajudado a diminuir a minha barriga. Eu adoro!

Essas bebidas serão boas para ajudar a gerar sensação de saciedade e ajuda-la a comer menos, principalmente para saciar a vontade de comer doces

Você sabia que emagrecimento (e o permanecer magro) começam pela sua mente?

Dica # 5 – Conheça os vilões e o que é melhor comer moderadamente para emagrecer

Se você diz que gosta mesmo é de batata, cenoura, beterraba, cará ou inhame e mandioca, esses são lotados de carboidratos. Não que não podemos come-los. Todos os alimentos  que vem da natureza são bons. 

Mas para emagrecer, é bom consumi-los com moderação ou evita-los, pelo menos até você chegar ao seu peso ideal (sobre quantidades, consulte a comunidade FatSecret). 

Refrigerantes (para quem gosta) diet e light são zero carb, porém contém sal em sua composição. Eu não bebo porque realmente não gosto mesmo.  Mas dá para emagrecer usando-os. Nada de radicalismos. Siga os seus gostos. 

Comidas processadas são boas para quem não tem tempo ou não gosta de cozinhar. Existem as opções low carb. Mas se você não tem tempo ou não gosta de cozinhar, escolha se alimentar em restaurantes self service onde você encontrará várias opções low carb já prontos e fresquinhos. 

Falando no leite, ele não é low carb, mesmo que seja sem lactose. 

Frutas 

Puxa, eu amo frutas! Mas minha nutricionista já dizia que frutas engordam 🙁

Muitas delas são ricas em açúcar (frutose).

Confesso que aceitar a ideia de evitar algumas delas nos primeiros 15 dias da dieta low carb é uma tortura pra mim!

Algumas pessoas a substituem no lanche por gelatina light, por exemplo. Boa opção para que gosta. A nossa dieta deve ser adaptada ao nosso estilo de vida, ao nosso gosto e às nossas necessidades de perda ou manutenção de peso. 

A solução que encontrei para isso foi: consumir com moderação, dosando quantidades, verificando o resultado na balança e mudando de estratégia caso não tenha o resultado semanal esperado. 

Conheça as frutas campeãs em carbos

Frutas Quant Carboidratos Totais Fibras  Carbos Líquidos
Maçã 1 fruta média 19.06  3.3 15.75
Banana 1 fruta média 14.85 1.7 13.15
Uva  15 unidades  13.5 0 13.5
Mamão  1 fruta média 34.72 4.1 30.62
Manga  1 xícara  28.05 3 25.05
Melancia 1 xícara 11.48 0.6 10.88
Abacaxi 1 xícara 19.58 2.2 17.38
Nectarina 1 unidade  14.35 2.3 12.05
Laranja 1 fruta média 15.39 3.1 12.29

Veja a lista completa no site FatSecret

Doces

Quando o açúcar no sangue fica sob controle, a vontade de comer doces tende a diminuir. 

Mas se mesmo assim a vontade bater, primeiro analise se ela vai passar.

Geralmente, depois do almoço, me dá vontade de comer algo doce. Às vezes eu como uma fruta ou tomo um suco de frutas com adoçante, depois escovo os dentes e a vontade passa. 

Muitas vezes essa vontade de comer doces pode ser controlada da seguinte forma: imagine se todos os dias, depois do almoço, você saciar aquela vontade de comer uma bala? Não adianta, os seus esforços para emagrecer vão para o brejo!

Mas se você se habituar a substituir os doces por opções mais saudáveis e mais light como uma fruta por exemplo, dali a alguns dias, não haverá mais compulsão.

Isso aconteceu comigo. Eu era comedora compulsiva de doces. Veja neste post como eu venci essa vontade.

Fuja dos vilões!

  • Açúcar e seus produtos (balas, doces, bombons, etc), óleos refinados, alimentos industrializados, farinhas e seus produtos (pães, biscoitos, etc)
  • Carnes processadas, gorduras trans, temperos processados:

Molho inglês, molho shoyu, mostarda amarela e catchup ficam realmente muito gostosos em algumas receitas low carb. Mas lembre-se que eles contém sal, por isso, se decidir usa-los, é bom moderar no sal que você vai acrescentar em suas receitas. 

  • Feijão, lentilha e ervilha. Arroz (branco e integral) e quinoa:  

Eles são saudáveis e tem muita vitamina, mas não são low carb. Se você deseja eliminar muito peso, é melhor evita-los até alcançar a sua meta. Depois, comer com moderação, para manter o peso. 

Dica # 6 – Para emagrecer, descomplique!

Quando eu ouvi falar da dieta low carb senti arrepios! Pensei logo naquela alimentação onde contamos religiosamente as calorias e as porções.

Que seria uma dieta com ingredientes que eu nunca ouvi falar, não sabia nem onde encontrar e imaginava que seriam muito caros. Quanto fantasma, não é?

Mas como você viu, a alimentação low carb não tem nada de complicado. 

Se colocar no seu prato uma coxa de frango com salada de pepino e tomate, você já terá um almoço low carb. 

Veja mais opções:

  • Bife de peito de frango grelhado ou de boi acebolado com salada de legumes
  • Carne de panela com chuchu ou abobrinha refogada
  • Carne moída com repolho refogado e salada de tomates com ervas, etc.

O segredo para qualquer emagrecimento é:

  • Comer com moderação

Ou seja, comer o que o seu corpo precisa e não tudo o que os seus olhos veem.

  • Não deixar a sua vontade ficar acumulada:

Quando o desejo de comer algo bater (aliás, ninguém é de ferro), sacie essa vontade de vez em quando. Um dos grandes erros de quem faz dieta, ou regime é ficar segurando a vontade de comer algo. Daí quando ela vai comer, come demais, porque prendeu demais essa vontade. 

Dica # 7 – Se houver recaída, não desista, continue!

Quando vemos uma modelo fitness queremos descobrir qual é o segredo da sua boa forma. Seria porque a sua rotina de alimentação e exercícios é rigorosamente seguida, sem nenhuma recaída?

Bem, uma vez que todas elas são humanas, acho que o segredo não é só esse não.  

Se eu disser que nunca como um doce (ontem tomei sorvete e estava uma delícia kkkk). Ou que tenho disposição para malhar todos os dias da semana, poderei dizer então que sou um tipo de Mulher Maravilha!

Comer um chocolate ou tomar uma cerveja com os amigos, tudo isso faz parte do fato de que você é um ser humano. E isso não é um problema. O problema é ficar com vontade de comer algo que não tem nada de low carb e ficar segurando a vontade até não aguentar mais! Isso é perigoso. 

Na verdade, o segredo é voltar para a rotina de alimentação low carb e de atividades físicas mesmo depois de dar uma escorregadinha. Assim, o seu corpo (e a balança) não sofrerão uma diferença. 

Minha (desastrosa) experiência

Quando eu fiz o meu último regime, o da sopa (eca, peguei trauma de sopa), fiquei 15 dias só à base de sopa. Fiquei magrinha! Mas também fiquei verde de tanto comer sopa e segurei a vontade de comer massas e doces até o fim, heroicamente! 

E sabe qual foi o resultado?

No final dos 15 dias eu estava magra e louca (isso mesmo, louca) por carboidrato! E o que eu fiz? Passei em uma padaria e comprei um bolo redondo de chocolate e o devorei em menos de 15 minutos sozinha! Meu marido não me perdoa por isso até hoje!  😳 

Resumo da ópera: não fuja de dar uma beliscada no que você gosta de vez em quando. Fuja de ser radical e não pare com a sua dieta low carb. 

Beijos!

Você pode gostar...

Me Conte o Que Você Achou!