SOBRE A AUTORA

Eu e meu Bem

Olá. Meu nome é Marlene Comini. Tenho 40 anos, sou casada, mãe, empresária e escritora (e este é o meu maridão Herivelto).

Quando eu tinha meus vinte e poucos anos, já ouvia falar que depois dos 30 anos fica mais difícil emagrecer.

Bem, entrava por um ouvido e saía pelo outro.

Confira o e-book sobre Metabolismo

Naquele tempo eu emagrecia com facilidade, nunca tive problemas sérios com o meu peso… até chegar aos 37 anos de idade.
 
 

 
 

Comedora Compulsiva

Depois que minha filha nasceu, parei de trabalhar fora, para poder dar mais atenção à ela. Abri uma loja para ter a minha própria renda.

Meu stress em ter essa loja era tão grande, que eu passei a comer por tudo: nervosismo, ansiedade, tristeza e até por alegria.

Comia tudo o que vinha à minha frente. Depois me sentia muito mal.

Confira a matéria sobre comedores compulsivos. 

Fechei a loja, mas não a boca.

Sem nenhuma disciplina

Nessa época eu não tinha horários para nada: não tinha horário para comer – e nem escolhia o que eu comia e nem a quantidade que eu comia;  não tinha horário para dormir.

Não tinha disposição para fazer uma caminhada, nem mesmo para andar de bicicleta, o que sempre amei fazer.

Junte a falta de disciplina + o descontrole alimentar + o sedentarismo e o resultado é:

Engordei 10, 15, 20, 25 kg. Cheguei a pesar 92 kg.

Minha filha chorou

Um dia vi minha filha chorando, lhe perguntei o porquê.

A resposta:

“Queria que você fosse magrinha!”

Aí eu tentei me justificar: “Filha você não acha a mamãe bonita?”

Ela repetiu:

“Eu queria que você fosse magrinha…”

Aí eu me dei conta da minha responsabilidade: a minha filha amava brincar e passear comigo e eu andava sem pique nenhum.

O excesso de peso estava atrapalhando a minha vida como mãe, como esposa e em meu trabalho.

Precisava de ajuda

Quando cheguei aos 92 kg entrei em desespero! Segundo o meu teste de IMC, eu estava no grau 2 de obesidade!

Do jeito que eu estava, já podia visualizar a balança chegando aos 100 kg.

Não queria chegar ao ponto de precisar de uma Cirurgia Bariátrica (cirurgia de redução de estômago).

Pesquisei sobre emagrecimento na internet, descobri mil e uma fórmulas. Testei várias e descobri que o mais simples é também o mais eficaz: a disciplina.

Cheguei a seguinte conclusão: não há nada complicado na vida. A complicação está em nossa mente.

Um nutricionista, por favor!

Parti em busca de um profissional para poder me orientar. Comecei a participar de um grupo de Nutrição e Saúde.

Nesses encontros encontrei várias pessoas que tinham os mesmos problemas e dúvidas que eu.

Aprendi sobre disciplina: alimentação saudável, exercícios, horários definidos para isso e beber água!

Eu pensei que sabia tudo, descobri que não sabia tanto assim…
 
 

 
 

Disciplina = resultados

Passei a andar mais de bicicleta. Consegui, depois de muito esforço, passar a acordar cedo para fazer caminhada. 

Decidi que não queria perda rápida de peso. A perda rápida é seguida de perto pelo ganho rápido (efeito sanfona).

Quero manter fora de mim o peso que eliminei até ao fim da minha vida.

Quando não tinha problemas graves com a balança, eu não valorizava o fato de ser magra, quando perdia um quilinho eu nem me importava.

Hoje vejo que quando a gente passa por um problema, toda melhora é motivo de comemoração.

Vejo minha barriga menor e minhas pernas mais torneadas. Me sinto mais leve, mais disposta, mais feliz.

Posso ajudar?

Prometi à minha filha que eu iria emagrecer. 

Tenho pesquisado sobre vida saudável, alimentação e exercícios. Superei obstáculos, fiz descobertas e ainda tenho muito a fazer e o que aprender.

Gostaria de compartilhar com você meus avanços, metas, descobertas, enfim a trajetória de alguém que precisa emagrecer.

Em quanto tempo?

Bem, eliminar de 3 a 4 kg por mês seria o ideal para quem pratica alimentação saudável e exercícios físicos de 5 a 6 vezes por semana.

A verdade, é que eu vou comemorar cada quilo perdido…

Gostaria de trocar experiências e descobertas com você.

Vamos ser amigas?

Captura de Tela (319)

O que você tem feito para permanecer ou se tornar Magra e Saudável?
Deixe nos comentários!
Beijos!

2 Resultados

  1. Denise disse:

    Achei muito bom mas gostaria de deixar meu comentário eu não tenho ânimo pra nada nem pra cuidar de mim sou gorda preciso emagrecer tô cheia de problema de saúde mas não tem nada que me motiva a emagrecer e além do mais nem sempre as condições financeira permite

    • Oi, Denise! Eu acredito em você. Você vai conseguir! Eu também estava na mesma situação: precisando emagrecer, desmotivada, com problemas de saúde batendo às portas e ainda por cima sem saber por onde começar. Leia o artigo “10 Dicas Para Você Chegar ao Seu Peso Ideal”. Acho que pode te ajudar e preste atenção à 8º dica. Já no Meu Diário Quero Ser Magra, eu escrevo como está sendo o meu dia a dia no meu esforço para perder peso: meu esforço, o que estou fazendo, minhas recaídas e vitórias e no primeiro dia eu falei sobre motivação. Desejo de coração todo sucesso para você. Beijos!

Me Conte o Que Você Achou!